quinta-feira, 15 de julho de 2010

Um café por favor .. sem açúcar .. puro ..

foto: Pablo Fabián 2010

Já encontrei, muitas vezes, respostas na alimentação.
Lendo a História da Loucura do Michel Foucault me deparei com um verbete de rodapé de um tal James.R de uma publicação de 1748 que se chama Dictionnaire Universel de Médicine ...
"A mania origina-se geralmente da melancolia, a melancolia das afecções hipocondríacas e as afecções hipocondríacas dos sucos impuros e viciados que circulam languidamente nos intestinos...”.
Completa Foucault ... “Mas a tarefa principal consiste em dissolver todas as fermentações que, formadas no corpo, determinam a loucura. Para tanto, os amargos vêm em primeiro lugar. O amargor tem todas as virtudes da água do mar; purifica enquanto desgasta, exerce sua corrosão sobre tudo aquilo que o mal pôde depositar de inútil, de malsão e impuro no corpo e na alma. Amargo e forte, o café é útil para as pessoas cujos humores mal circulam; ele resseca sem queimar - pois é próprio dos corpos dessa espécie dissipar as umidades supérfluas sem provocar um calor perigoso; tanto no café como no fogo sem chama existe um poder de purificação que não calcina. O café reduz a impureza”.


Santo Café, em parceiria!?

O quão louco e desajustado seria se não o bebêsse tão voluptuosamente.

3 comentários:

Rosane Severo disse...

Café sempre amargo. Doce basta a vida :-)
Adorei seu blog.

Wal disse...

Agora entendi porque gosto tanto dos amargos.
cafe preto forte e sem açúcar
cha de boldo (natural , não de saquinho)bem forte que fica com uma cor amarelo queimado , cor que fez parte da minha juventude
beijo

vizinha

Hyman disse...

This is great!